25 de Julho, 2016

SAÚDE E CURA ATRAVÉS DE ENERGIAS E FREQUÊNCIAS

SAÚDE E CURA ATRAVÉS DE ENERGIAS E FREQUÊNCIAS
- Osny Ramos -

No seu nível mais elementar a realidade física é sustentada por vibrações e energias, isso agora é comprovado pela Física Quântica através do Princípio da Complementaridade, segundo o qual as partículas são corpúsculos e ondas ao mesmo tempo, considerando que toda onda possui frequência. Quando uma partícula é quebrada nos aceleradores, não se obtém pedaços de partículas, mas fótons altamente energéticos, e isso é uma evidência de que no seu fundamento mais essencial a realidade é feita de vibrações e energia.

A natureza essencial ondulatória da realidade cósmica também é comprovada pelos estudos sobre a origem do universo: antes do Big-Bang existia apenas uma energia primordial com um valor de frequência infinito, significando que o universo e tudo o que ele contém surgiu de uma energia primordial! Precisamente nessa ideia consiste o argumento essencial da Teoria das Cordas, que postula um fundamento vibratório onde as partículas têm origem.

Os físicos acreditam que as leis que regem a realidade quântica das partículas, regem também a realidade cósmica onde nós vivemos os nossos cotidianos, e a isso eles dão o nome de Princípio da Simetria. Assim, os processos fenomênicos observados nas partículas ou no interior do átomo são encontrados também na realidade humana tanto quanto nos processos da vida, eis a exigência epistemológica imposta pelo Princípio da Simetria.

Segundo Max Born, também um Nobel de Física, a famosa Equação de Erwin Schrödinger – que prevê a trajetória do elétron no interior do átomo – só tem significado físico na região atômica onde é maior a amplitude da onda ou a densidade de energia, uma espécie de portal por onde a partícula é transferida da realidade quântica ondulatória para a realidade cósmica corpuscular, através do Colapso da Função de Onda, segundo a frequência da respectiva partícula. Ou seja, também aqui é a energia e sua frequência que fundamentam e dão significado à realidade física.

Para o átomo poder existir na realidade física, os elétrons em sua órbita atômica estão autorizados a vibrar somente num determinado valor de frequência pré-fixado e precisamente ajustado, um processo que os físicos chamam de Estado Fundamental do átomo ou Estado de Mínima Energia. Embora os físicos ainda não saibam explicar quem ou o que fixou esses diferentes níveis de frequência para a energia de cada uma das órbitas atômicas, é logicamente correto pensar que alguma coisa ou alguma inteligência prescreveu certos valores de frequência para o bom funcionamento do átomo e consequentemente da realidade física.

Aqui não se trata de misticismo, é importante que fique claro, pois mesmo os físicos mais resistentes às metafísicas, também eles concordam que antes de existir qualquer realidade física ou não física, algo parecido com uma consciência ou intencionalidade já estabeleceu a priori, certas regras e leis para o universo, e o Princípio Antrópico Forte é nome que eles dão para essa espécie de consciência universal. Para a sua garantia – se o assunto do misticismo lhe incomoda – os físicos chegaram ao Princípio Antrópico Forte através do rigoroso formalismo dos cálculos matemáticos.

Ou seja, com base no Princípio Antrópico Forte e no Princípio da Simetria, o universo foi produzido para funcionar através de energias e frequências. Isso deveria excitar profundamente o nosso intelecto, e parece que foi isso mesmo que excitou o intelecto do grande filósofo grego Platão de Atenas, quando ele definiu o conceito de energia como uma “realidade pré-cósmica”, para significar a sua origem metafísica e transcendente. Portanto, quando os médicos indianos se referem a uma energia metafísica com o nome de Prana - para a qual os médicos chineses dão o nome de Shi – eles não estão pensando diferente dos físicos, isso deveria balizar o nosso preconceito contra a medicina energética.

Ainda há algo mais intrigante no arraial da Física, relacionado com a frequência energética dos elétrons no interior do átomo: girando em sua órbita, inexplicavelmente os elétrons aumentam o seu nível de vibração e adquirem energia além do que lhe é permitido, assim causando o desequilíbrio energético do átomo, que do seu Estado Fundamental então passa para um Estado de Excitação ou estado de desequilíbrio, e os físicos ainda não têm uma explicação para isso. Sempre que isso acontece, o elétron é expulso da sua respectiva órbita, quando então acontece o Salto Quântico. Depois de inutilmente tentar se estabelecer em outras órbitas, o elétron decide retornar para sua órbita antiga, mas para isso é-lhe exigido a devolução da sua energia em excesso, e essa energia em forma de fótons então é devolvida para o exterior do átomo, e esse processo explica o modo como a luz tem origem.

Aqui há algo importante para o assunto que temos em vista: para o átomo poder existir na realidade física, ele depende de energias e frequências, além de depender de seu equilíbrio energético. Em outras palavras: para que o átomo tenha “boa saúde”, ele precisa estar energeticamente equilibrado. Vê-se, pois, que já no seu nível mais elementar, a natureza é sustentada por energias e frequências, qualquer físico concorda com isso, e quando compreendemos claramente o significado do Princípio da Simetria, então necessariamente temos que admitir que isso também ocorre com todos os seres vivos.

A energia para a célula – portanto, para os processos da vida e da saúde – é tirada da síntese da glicose, que por sua vez é produzida pelos nutrientes retirados dos alimentos. Ou seja, trata-se de um “entra e sai” de nutrientes, e através desse esquema e de seu justo equilíbrio é produzida a energia necessária para a vida e a saúde das criaturas vivas, deste modo culminando num “entra e sai de energias”. Também é assim que o átomo funciona, através de um “entra e sai de energias” como nós já vimos, e esta é mais um evidência de que o Princípio da Simetria é válido também para os sistemas vivos, como já foi enfatizado.

Uma Física da Saúde, portanto, caso ela fosse introduzida na Medicina, com base no fato de que a vida e seus processos são movidos por energias e frequências, seria determinada menos por processos de substâncias e mais por processos de energia, visto que as estruturas celulares precisam de energia para executar as suas funções. Quando ingerimos alimentos nós estamos ingerindo energia, eis uma visão nova de considerar os processos da vida e da saúde, agora com base também na energética quântica que regula tanto os átomos como as células, tanto a matéria como a vida!

Os alimentos entram no organismo e transferem para ele os seus nutrientes necessários para os processos da vida e da saúde, ou as suas medidas de doenças quando elas são em excesso ou de carências. Também os vírus, as bactérias ou substâncias tóxicas entram no organismo e produzem danos e disfunções, que nós chamamos de doenças. Todavia, lá onde esses agentes e substâncias tocam a Homeostase, não é na sua forma de corpos ou substâncias que eles exercem a sua função benigna ou maléfica, mas na forma de energias e frequências resultante do processo metabólico, pelo qual as substâncias químicas são transformadas em energias boas ou ruins.

São com as energias e suas medidas em forma de frequência, pois, que os processos da vida entram em contato, e isso é válido também para os vírus e as bactérias, que também produzem desequilíbrio energético nas estruturas que são atacadas por elas. A famosa equação de Einstein E=ma, pela qual a massa é transformada em energia, na verdade também exprime um processo metabólico em nível mais profundo da matéria, eis aqui novamente o Princípio da Simetria. Se você é médico, então deveria refletir com profundidade sobre esse aspecto mais essencial da natureza, para assim anuir com uma Física da Saúde, através da qual tanto os corpos materiais quanto os corpos orgânicos têm a sua existência regulada por processos de energia em suas justas medidas de frequência.

Num futuro mais inteligente da Medicina – quiçá esse futuro esteja bastante próximo – certamente os médicos então já familiarizados com os princípios da Física Quântica e suas relações com os processos da vida e da saúde, além dos procedimentos canônicos da ciência de Hipócrates - não seria com a ciência de Galeno? – estarão também fazendo diagnósticos e prescrições com base numa Física da Saúde em fundamentos quânticos de energia e frequências. Quem viver verá!
O QUE É BARRAS DE ACCESS?
O QUE É BARRAS DE ACCESS?
uma nova ferramenta quântica de expansão da consciência

15 de Setembro, 2016

SAÚDE E CURA ATRAVÉS DE ENERGIAS E FREQUÊNCIAS
SAÚDE E CURA ATRAVÉS DE ENERGIAS E FREQUÊNCIAS
No seu nível mais elementar a realidade física é sustentada por vib...

25 de Julho, 2016

A INTERAÇÃO QUÂNTICA: MENTE E MATÉRIA
A INTERAÇÃO QUÂNTICA: MENTE E MATÉRIA
Einstein acreditava que os eventos quânticos não eram puramente alea...

03 de Agosto, 2016

ANFETAMINAS BOAZINHAS?
ANFETAMINAS BOAZINHAS?

14 de Novembro, 2018

NOVIDADE: CONSTFLAN E GLICOCEPT
NOVIDADE: CONSTFLAN E GLICOCEPT
GERENCIAMENTO ENERGÉTICO E VIBRACIONAL DO ORGANISMO

01 de Novembro, 2018

Vírus da herpes pode ser a causa do Alzheimer, diz neurobiologista
Vírus da herpes pode ser a causa do Alzheimer, diz neurobiologista
Cientistas buscam maiores informações para encontrar relação entre...

01 de Novembro, 2018

  • Samoel Gomes Ferreira

    Olá sou Samoel Gomes Ferreira (Samuca) meu filho de 11 anos é portador da Síndrome de Asperger, tratei com a Medicina...
    23 de Agosto, 2016
  • Obrigada por estas informações! Fez diferença na minha Vida, de agora pra frente!!! Obrigada!!!
    05 de Agosto, 2016
  • Karla Adryana Diniz Meireles

    Muito aprendizado nas aulas de biofactor, e homotoxicologia. Excelentes aulas. Grata pelos ensinamentos. Equipe fisioq...
    07 de Junho, 2016
Curso de Formação em Saúde Quântica